Rosbife – Agradando a todos

Rosbife é uma das preparações de carnes que mais faz sucesso nas mesas de almoços em família.

Uma peça cilíndrica, tostada e crocante por fora, com o interior rosado, quase cru.

Cortado em fatias finas, servido sem a preocupação de estar quente ou não (aliás, frio fica até melhor). Não tem como resistir.

O termo Rosbife vem do inglês: Roastbeef (roast = assado e beef = carne de vaca).

As carnes mais utilizadas para seu preparo são o contrafilé e a maminha da alcatra, embora outros tipos são usados, como o mignon, miolo da alcatra e até posta vermelha.

Seu preparo não exige nenhuma técnica específica. Uma boa panela pesada, preferencialmente de ferro, é fundamental para o êxito.

Uma boa peça de carne (eu opto sempre pelo contrafilé) é outro ponto importantíssimo. Esta peça deve ser amarrada, para manter o formato.

O restante é atenção ao tempo, para não deixar passar do ponto.

INGREDIENTES (6 pessoas)

1 peça de 1 Kg de contrafilé, amarrada como acima (você pode escolher entre outras carnes de sua preferência)

25 ml de azeite de oliva extravirgem

25 ml de manteiga (se possível, Manteiga Clarificada)

Sal e pimenta-do-reino moída na hora à gosto

PREPARO

Tempere a carne com o sal e a pimenta, sem ser comedido.

Em fogo forte, aqueça uma panela de ferro e coloque a manteiga e o azeite. Deposite a carne na panela e deixe grelhar por 5 minutos de cada lado.

O Rosbife deve ficar bem rosa no seu interior, quase cru e tostado por fora.

Uma boa dica para evitar erros é um termômetro para carnes. Quando inserimos a ponteira até o meio da peça, esta deverá marcar entre 60°c/ 63°C. É a temperatura perfeita para um Rosbife perfeito.

Retire a carne da panela e cubra com papel alumínio. Deixe descansar por 15 minutos. isto fará com que os sucos da carne se redistribuam.

Para um molho rápido e mais que apropriado para seu Rosbife, deglaceie a panela que o preparou. Você pode fazer isto com vinho ou água quente.

Jogue uma taça (aproximadamente) e raspe o fundo da panela com uma colher, até retirar tudo o que estiver agarrado nela.

Fatie a carne não tão grosso. Sirva com o molho que preparou, acompanhado de arroz e uma guarnição de sua escolha. Aqui eu preparei uma farofa.

Rosbife é maravilhoso. Não é a toa que é um dos queridinhos dos almoços dominicais. E a sobra vira lanche para a semana, sanduíches para comer de olhos fechados.

Fonte blog oba gastronomia

Etiquetas:, , , ,

Trackback desde seu site.

Formas de Pagamento